As vantagens do planejamento patrimonial e sucessório

Uma das preocupações de quem tem um patrimônio empresarial é como transferir os bens e o comando da organização após seu falecimento ou mesmo em vida. Realizar esse processo de maneira planejada é o primeiro passo para que uma sucessão ocorra sem percalços e, mais importante, que essa transferência de legado seja pautada por uma relação de confiança e bem-estar para quem a realiza.

O planejamento sucessório é uma das formas mais seguras de se passar por esse complexo processo. Isso porque ele leva em conta não só a transição entre sucessor e sucedido, mas também a relação com os clientes, os fornecedores e o público interno, sem falar do planejamento financeiro.

Diante disso, esse planejamento assegura a preservação do patrimônio e delimita as condições para a transmissão efetiva dos bens ao sucessor. Além dessa, há outras vantagens que podem ser alcançadas a partir da realização de um minucioso planejamento sucessório, como:

  • Proteger o patrimônio, minimizando os riscos de contaminação inerentes às atividades empresariais;
  • Concentrar o patrimônio em uma holding familiar, tornando a administração mais profissional e organizada;
  • Realizar a transferência do patrimônio aos herdeiros, com a possibilidade de manutenção do controle e dos rendimentos em favor do(s) patriarca(s);
  • Evitar o processo de inventário, bem mais burocrático e oneroso;
  • Eficiência tributária e econômica na sucessão do patrimônio e no desenvolvimento de atividades imobiliárias;
  • Evitar conflitos familiares.

Para se atingir esses objetivos, é fundamental uma análise profunda da estrutura societária e familiar, bem como da situação patrimonial e dos interesses dos envolvidos junto a uma empresa de contabilidade de confiança. Fale com o Grupo Orplan e torne o planejamento sucessório da sua empresa uma realidade.